quinta-feira, 27 de maio de 2010

Crônicas da Minha Vida (139) + Devaneio + Oito Simples Regras para Namorar a Minha Irmãzinha




.: Oito Simples Regras para Namorar a Minha Irmãzinha :.

01. Use suas mãos na minha irmã e você as perderá em seguida.

02. Se você a fizer chorar, eu irei fazê-lo chorar.

03. Sexo seguro é um mito. Qualquer coisa que você tente será prejudicial a sua saúde.

04. Traga-a depois das 20 horas e não haverá próximo encontro.

05. Somente pipoqueiros buzinam. Namorados tocam a campainha. Uma vez.

06. Nada de reclamar enquanto está esperando por ela. Se você estiver entediado, troque o óleo do meu carro.

07. Se as suas calças estiverem abaixo do seu umbigo, eu ficarei feliz em segurá-las com a minha arma de pregos.

08. Encontros devem acontecer em lugares públicos. Você quer romance? Leia um livro.


.: Devaneio :.

Um primo meu (por parte de pai) vai se casar, ao receber essa notícia, eu fui (a mando de mamãe) fuçar o Orkut dele para ver as fotos do dia em que a namorada falou “Sim”, olhando lá as fotos, notei uma particularidade que achei muito engraçada: ela estava muito mais feliz do que ele. Por quê? Para descobrir a resposta, eu fui analisar toda a instituição do matrimônio e cheguei a seguinte conclusão: o casamento é melhor para a mulher do que para o homem, não é a toa que vocês, filhas de Eva, usam branco enquanto que nós, pobres coitados, usamos preto no tal dia. Veja bem, casar é o mesmo que ganhar na loteria para a mulher: ela não precisa mais ficar horas e horas se arrumando para excitar o palerma, não tem de fazer sexo quando não esta a fim para agradá-lo, arranjou alguém para pagar todas as suas contas e realizar todos os seus caprichos e mesmo quando acontece o divórcio, ainda vai ter alguém lhe pagando pensão pelo resto da vida! E o que o homem ganha? Filhos, dívidas, monogamia e uma sogra!

1290.
Mi: (assustada) Amor! Eu vi uma sombra passando aqui, acho que é um fantasma!
F: Que nada, é só a tua imaginação mesmo.
Mi: Peraí.
F: O que foi?
Mi: Amor, eu te ligo depois, vou me esconder aqui embaixo do lençol e fingir que tô dormindo.
F: Agora eu quem digo “peraí”! Você vai tentar enganar o fantasma?
Mi: É.
F: (segurando o riso) Sensacional!

1289.
F: Ela [namorada do pequeno mano messiânico] queria me apresentar à baterista da banda dela, mas... Treze anos não dá.
Ju: Ah, você me contou... Treze anos? (risos) [Eu] Não queria rir.
F: Menina nem deve ter pentelho na boceta.
Ju: Verdade. Odeio essa palavra.
F: Que palavra?
Ju: “Boceta”.
F: Prefere “caverna”, “lugar especial”, ou “floresta”?
Ju: Ai... Tá bom, continua com o velho termo (risos).
F: Bem, sempre podemos dizer o termo técnico, “vagina”, ou termo que o meu primo de onze aninhos usou outro dia, “canal para felicidade”, o que me lembra: estou preocupado com ele — tenho medo que a mão dele caia.

1288.
J(p): É legal. E de vez em quando aparece [no barzinho em que eu sempre vou] alguma [mulher] perdida bonita, não puta e sem namorado.
F: O que me lembra: fale-me desta [nome errado da moça].
J(p): [nome errado da moça]?
F: [nome correto da moça]! [nome correto da moça]!
J(p): Eu não conheço muito ela. Eu conhecia os irmãos dela. Só me lembro dela pequena. Hoje ela se tornou uma peituda indie com tendências bissexuais.
F: Ou seja, como 90% das minhas ex-namoradas e amigas.
J(p): Aparentemente sim.
F: Perfeito.

1287.
F: Por que essas coisas [mulheres proibidas dando em cima de mim] vivem acontecendo comigo?
Ju: É esse teu charme que você NÃO tem, Felipe, vê se para com isso..
F: Mas eu não faço nada. Na maioria das vezes sou apenas eu mesmo. E eu sou antipático e antissocial.
Ju: Mas isso tem seu charme...
F: Em que mundo nós vivemos? Em nome de Nossa Senhora do Pneu Furado! Se antipatia e carência de habilidades sociais é um charme, eu não duvido de mais nada.
Ju: Ah, tem gente que gosta, ué. A [Srta. Insegurança], por que você acha que ela gostou de ti? Ela prefere garoto assim do que aqueles muito coloridos... Muita gente prefere.
F: Mas você tinha de colocar o nome dela no meio, hein?
Ju: Ah, foi a primeira pessoa que me veio na cabeça...

1286.
F: Ah, te contei? Estou apaixonado por uma menina lá da sala, vi-a hoje quando estava voltando do banheiro, ela é branquinha, tem cabelo preto, é baixinha e usa óculos.
J(p): Sério? Quem é essa louca?
F: Nem desconfio. Espero que seja uma pessoa de carne e osso e não apenas um fragmento da minha imaginação.
J(p): Nunca vi ninguém assim lá na sala. Pelo menos não me lembro.
F: Ela senta à direita da coluna, lá na frente. Precisamente na terceira fila.
J(p): Vixe. Eu dificilmente olho naquela direção (por motivos óbvios).
F: Bem, talvez este seja o meu momento de outono.
J(p): E quem era a Summer?
F: “Humadica”: http://h1.vibeflog.com/2008/09/19/01/24564232.jpg.
J(p): Boa dica.

1285.
P: Mano, isso é esquizofrenia: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=14707628?
F: Mano, responderei com as palavras de um ancestral do nosso simpático mano lunático, São Tomás de Aquino: “Se Deus fala com você, então você é religioso. Se você fala com Deus, então é psicótico”.

1284.
P: Tem uma moça da faculdade, que é crente, a [censurado], linda, mano, perfeita pra ti.
F: Ela é crente. Tem certeza que ela é perfeita para mim [um ateu cheio de piadinhas inapropriadas]?

1283.
P: O que é estranho é que na época [do nosso Convênio], as pessoas me olhavam como se eu fosse um drogado e um péssimo exemplo, pois bem, cortei o cabelo e advinha?
F: Mudaram completamente de opinião?
P: Não, continuam achando a mesma coisa.

1282.
P: Eu tava sofrendo [quando briguei com minha irmãzinha postiça há três anos]?
F: Você estava miserável. Parecia um gatinho maltrapilho abandonado debaixo da ponte.

1281.
F: Mas me diga, mano, gostou da festa [de quinze anos da minha irmãzinha bochechuda]?
P: Sim. Foi muito bacana. O ambiente [estava] perfeito e [eu] tava contigo. Obviamente que também preferia a companhia da [tua irmãzinha], mas isso é outra história.
F: (rindo ameaçadoramente) Dou-te uma dedada que vai doer mil anos de dor [se chegar perto da minha irmãzinha].

1 comentários:

Helder disse...

auishasihaisha 8 regras "SIMPLES" mas eu topo o desafio XD

Postar um comentário